E a luta continua!

No último dia 24 lideranças das centrais sindicais decidiram, em reunião realizada na sede da Força Sindical, em São Paulo, realizar uma Greve Nacional no dia 5 de dezembro contra a reforma da Previdência e em defesa dos direitos da classe trabalhadora. Sabíamos das dificuldades que enfrentaríamos devido ao tempo escasso para a organização...

Continue lendo

Greve Nacional no dia 5

PaulinhoPaulinho

Em reunião realizada na manhã da última 6ª feira, 24, na sede nacional da Força Sindical, em São Paulo, as centrais CUT, Força, UGT, CTB,  Nova Central, CSB, Intersindical, CGTB e CSP-Conlutas convocaram, para o próximo dia 5, uma Greve Nacional contra reforma da Previdência Social e em defesa dos direitos da classe trabalhadora....

Continue lendo

Por um País com oportunidades iguais

paulinhopaulinho

O dia 20 de novembro é consagrado como o Dia da Consciência Negra, e representa a árdua luta dos negros contra a discriminação racial. A data foi estabelecida pelo PL 10.639/2003, tornado lei apenas em 2011 (Lei nº 12.519/2011). A escolha desta data remete ao dia da execução de Zumbi dos Palmares, líder negro...

Continue lendo

Protagonismo nas negociações salariais

paulinho 2paulinho 2

Várias são as categorias de trabalhadores representadas por sindicatos filiados à Força Sindical com data-base neste 2º semestre. Algumas já fecharam acordos, outras ainda estão em negociação, mas a verdade é uma só: as dificuldades para fecharmos bons acordos são muito grandes, e os empresários, como sempre, relutam em ceder um centímetro sequer. E...

Continue lendo

E os juros seguem nas alturas…

Paulinho 7Paulinho 7

Apesar de toda a pressão exercida pela Força Sindical e pelas demais centrais sindicais, e do apelo de trabalhadores, empresários e toda a sociedade brasileira por juros mais amenos, a taxa Selic, mesmo após nove reduções consecutivas, chegando a 7,50% a. a., continua elevada e emperrando o crescimento econômico do País. E tudo porque...

Continue lendo

Trabalho decente já!

paulinho 2paulinho 2

A portaria 1.129/2017, do Ministério do Trabalho, que altera a definição de “trabalho escravo”, ou condição análoga, ferindo princípios básicos no combate a este tipo de crime e dificultando o acesso à chamada “lista suja”, de empregadores que adotam este tipo de procedimento, causou um verdadeiro furor no meio sindical brasileiro. O texto proposto...

Continue lendo

Por moradias dignas e pelo emprego!

30378933416_41c0b9fe2e_n30378933416_41c0b9fe2e_n

A questão da moradia em nosso País é um problema muito sério. É comum encontrarmos, Brasil afora, casas simples construídas irregularmente na beira de rios e áreas de mananciais, casas dependuradas nas encostas de morros, sujeitas a todo tipo de intempéries climáticas, de secas prolongadas a tempestades, de enchentes a deslizamentos de terra. É...

Continue lendo

Propostas para a geração de emprego

paulinho 2paulinho 2

As centrais sindicais Força Sindical, CTB, CSB, Nova Central e UGT estiveram reunidas, no último dia 4, na sede da Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, com representantes do empresariado e decidiram, após uma análise da atual conjuntura econômica do País, de recessão e desemprego profundos, alicerçar o compromisso de...

Continue lendo

A importância da sindicalização!

30378933416_677e372ec1_k30378933416_677e372ec1_k

Sindicato é um conjunto de pessoas de um mesmo setor de atividade, ou categoria, que tem por objetivos principais a defesa dos interesses desse conjunto de trabalhadores e a organização de paralisações e outros eventos voltados à conquista de melhores salários, condições e ambientes de trabalho decentes e seguros. Quanto mais organizados e engajados...

Continue lendo

A luta das Campanhas Salariais

paulinho32paulinho32

Os sindicatos filiados à Força Sindical estão iniciando, ou intensificando, as mobilizações por todo o Brasil visando as Campanhas Salariais/2017 das categorias com data-base no 2º semestre. Dentre elas destacamos, em São Paulo, metalúrgicos, químicos, têxteis, rurais, da alimentação, costureiras, aeroviários, de edifícios e condomínios e da saúde. Apesar de a economia nacional ter...

Continue lendo