Pela suspensão da venda da área da Mata Ciliar de Jundiaí

Atendendo a uma reivindicação da Associação Mata Ciliar de Jundiaí, estamos trabalhando para suspender a venda da área ocupada pela entidade. Participamos, juntamente com o presidente da Mata Ciliar, Jorge Bellix, e a coordenadora, Cristina Harumi, de audiência com o presidente do Conselho do Patrimônio Imobiliário, Bruno Lopes Correia, que confirmou que o espaço está à venda.

Entendemos não ter cabimento tirar a Mata Ciliar do local, que abriga atualmente mais 800 animais silvestres, encaminhados ao local para atendimento veterinário e reabilitação, sendo referência para mais de 120 municípios do Estado de São Paulo.
O Conselho ficou de reavaliar o caso e vamos acompanhar o desfecho, mas reforçamos que não tem como o Estado vender a área e transferir a Mata Ciliar para outro local.