Opinião

Na luta por juros mais baixos!

Solidariedade

A Força Sindical estará, na manhã desta terça-feira, dia 7, realizando, ao lado das Centrais NCST, UGT e CSB, uma manifestação em frente ao edifício do Banco Central, na av. Paulista, 1.804, contra os juros altos, que vêm emperrando o crescimento econômico do País. A manifestação coincide com o início da reunião do Comitê...

Continue lendo

Toda a pressão para o Copom baixar a taxa de juros

paulinho-forca-sindical2paulinho-forca-sindical2

Os juros, em patamares elevados, são, entre outras demandas, um dos principais causadores do altíssimo nível de desemprego que vem assolando o País, e que, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), já alcançou a casa dos 11,4 milhões de trabalhadores desocupados. Um recorde negativo na medição desde o início da série...

Continue lendo

Dependência química e a relação com a depressão

Solidariedade

O tema é uma triste realidade que muitas famílias viveram, vivem ou, infelizmente, viverão. A dependência química e as suas consequências sociais fazem cada vez mais vítimas e o que é pior, o acesso às drogas está cada vez mais fácil e precoce. De uma forma geral, o assunto é muito debatido, mas devemos...

Continue lendo

Campanhas salariais em época de crise

Solidariedade

Sabemos que o período turbulento pelo qual o País atravessa, tanto econômica como politicamente, tende a prejudicar as campanhas salariais das categorias com datas-bases no primeiro semestre e, consequentemente, as do segundo. Por isso, é questão de honra não cedermos no que se refere à reposição integral da inflação do período de mais ganho...

Continue lendo

A crise e o desemprego!

Solidariedade

Resultado da severa crise econômica brasileira, provocada, em muito, pela sequência de equívocos cometidos pelo governo na condução do País, a escalada do desemprego atingiu índices alarmantes, frustrando os trabalhadores, em especial os mais pobres, e os jovens, que buscam ingressar no mercado de trabalho. Entre estes últimos o desemprego chegou a 24,1% apenas...

Continue lendo

Não à retirada de direitos!

paulinho-forca-sindical2paulinho-forca-sindical2

Causou-nos estranheza a divulgação, na última sexta-feira, dia 13, pelos veículos de comunicação, das afirmações do novo ministro da economia, Henrique Meirelles, sobre sua intenção de realizar a implantação da idade mínima, para efeito de aposentadoria, entre homens e mulheres. Tratam-se de informações e uma intenção no mínimo inoportunas e insensatas tendo em vista...

Continue lendo

Juros travam o Brasil

CENTRAIS SINDICAISCENTRAIS SINDICAIS

Um dos grandes vilões pela turbulência econômica que o Brasil vem atravessando, os juros altos escancaram todos os malefícios que a atual e equivocada política econômica adotada pelo governo traz a todos os brasileiros. São eles que, entre outras peripécias governamentais, provocaram a quebradeira de empresas (mais de 190 mil fecharam suas portas em...

Continue lendo

O Brasil que queremos!

Solidariedade

Diante da atual conjuntura nacional, de crise econômica, desemprego, insolvência das empresas, juros altos e a queda de credibilidade do governo, inclusive com a ameaça iminente do impeachment da presidente Dilma, e diante dos anseios da grande maioria dos brasileiros, que saiu às ruas clamando por mudanças urgentes, não nos restou outra alternativa a...

Continue lendo

1º de Maio da Força: sucesso absoluto!

Solidariedade

Um sucesso absoluto! Isto é o mínimo que se pode dizer do 1º de Maio da Força Sindical em São Paulo. Foram mais de 500 mil pessoas que se espremiam para não perder nenhum lance dos artistas que abrilhantaram a festa, para não perder um número sequer dos 19 automóveis HB20 0 km da...

Continue lendo

A coerência em meio à turbulência

Solidariedade

Iniciada em 1998, foi realizada, neste domingo, na Praça Campo de Bagatelle, em São Paulo, a 19ª edição do 1º de Maio da Força Sindical, uma das maiores comemorações do Dia Internacional do Trabalho de todo o mundo. Com o lema “Gerar empregos e garantir direitos” desejamos, neste 1º de Maio, além de consolidar...

Continue lendo