Solidariedade define apoio para Governador em São Paulo

992ecbd6-c428-482b-9bca-018a2bcf334d

Ao lado de lideranças do partido, o Solidariedade oficializou o apoio à candidatura do vice-governador e presidente da executiva estadual do PSB, Márcio França, ao governo de São Paulo.  “A decisão foi tomada porque o partido acredita que o vice-governador é o melhor nome para o estado e porque fará ações que beneficiarão toda população paulista”, explicou o presidente nacional da sigla e deputado federal, Paulinho da Força.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (18), na sede do Solidariedade em São Paulo e reuniu lideranças da executiva das duas siglas. França, durante o seu discurso falou da importância de ter ao seu lado pessoas que acreditam no projeto. “Não precisamos de todos, nem dos maiores ou dos famosos. Nós precisamos dos que acreditam, daqueles que sabem que esse é o lado correto e, desta forma, nós vamos fazer vitória, no tempo certo”, esclareceu.

Para o presidente estadual do Solidariedade de São Paulo, David Martins, o pré-candidato sabe das necessidades do estado e tem demonstrado grande empenho para solucionar, por isso o Solidariedade tem o grande papel de apoiar Márcio França para governador.

Os líderes do Solidariedade demonstraram seu apoio à França em seus discursos.  “Temos um grupo muito forte de candidatos a deputados estaduais e federais, e o senhor terá, junto do Solidariedade, um conjunto de pessoas para fazê-lo governador e representá-lo em todo estado”, falou Alexandre Ferreira, ex-prefeito de Franca e pré-candidato a deputado federal.

“Com o Márcio França, aprendi a conversar com as pessoas e, graças a ele, a Secretaria do Emprego e Relações de Trabalho ganhou um assento no Desenvolve SP. Ele é preocupado com emprego e, por isso, trabalha em prol do trabalho e da renda para o cidadão”, afirmou José Luiz Ribeiro, secretário do Emprego.

Paulinho garantiu todo apoio ao vice-governador, principalmente nas cidades do interior de São Paulo. “Vamos trabalhar para que o Márcio se torne ainda mais conhecido nas cidades paulistas e para que faça um programa de governo preocupado com a geração de emprego e renda, além da saúde, educação e infraestrutura”, explicou Paulinho da Força.

Também participaram do evento as principais lideranças do Solidariedade, o secretário-geral do partido, Luiz Adriano (Luizão), o secretário Executivo da legenda, Luiz Carlos Anastácio (Paçoca), o presidente estadual da Força Sindical, Danilo Pereira, o deputado estadual do PSB, Vinícius Camarinha, o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves (Juruna), entre outros.