‘Mulher Protagonista’ encerra o ciclo de cursos destinados a mulheres em 2019

foto capa site

O Solidariedade Mulher promoveu no sábado, 21 de dezembro, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o “Mulher Protagonista”, encontro especial destinado a pré-candidatas e lideranças do Estado de São Paulo, que encerrou o ciclo de cursos destinados a mulheres.

palestra conselheira OAB

As palestras foram ministradas pela conselheira da OAB SP, Clarissa Campos Bernardo, e pela analista comportamental e neurocoach, Ivana Limah.

palestra coach

 

Alexandre Pereira, deputado estadual e presidente estadual do Solidariedade São Paulo, comentou sobre a preocupação do partido em preparar e incentivar a participação das mulheres na Política. “Desde quando assumi a presidência estadual, juntamente com a Fundação 1º de Maio, intensificamos os cursos e ações para que as mulheres possam se eleger, e fazer a diferença na Política. Aproveito a oportunidade para anunciar a Sônia Nunes como secretária do Solidariedade Mulher de São Paulo. Nós conhecemos o trabalho dela e confiamos na sua capacidade”, frisou Alexandre.

A secretária estadual da Mulher do Solidariedade São Paulo, Sônia Nunes, agradeceu e falou sobre o desafio. “A gente que é mulher gosta de desafio. Aprendemos com desafio. Espero corresponder às expectativas. Admiro muitas mulheres pelo papel e trabalho que desempenham na Sociedade e no próprio partido. Espero contar com o apoio de todos.”

Samanta Costa, presidente da Fundação 1º de Maio, ressaltou sobre a confiança adquirida pelas mulheres que participaram do curso ‘Lidera+’. “Em 2020, vamos eleger muitas mulheres. O Lidera+ tem dado frutos e, tenho certeza, que iremos colher esses frutos. Que esse projeto seja um exemplo para reforçar que o lugar da mulher é onde ela quiser.”

IMG-20191221-WA0057

“Nós temos que nos respeitar como mulheres e sempre acreditar nas mulheres. Nós temos sim, que caminhar lado a lado com os homens, mas temos que ter olhares diferentes. Mudar e lutar por condições melhores”, comentou Telma Gobbi, vereadora de Bauru pelo Solidariedade.

A secretária nacional da Mulher do Solidariedade, Eunice Cabral, explicou sobre a importância das mulheres na Política. “As eleições de 2020 serão atípicas. Ninguém disse que será fácil, mas sabemos que as mulheres devem se unir para se tornarem mais fortes. É com a participação das mulheres que podemos fazer a diferença para as outras pessoas. Podemos e devemos lutar por diversas causas e, ganhar cada vez mais espaço.”

IMG-20191221-WA0056

Paulinho da Força, deputado federal e presidente nacional do Solidariedade também falou sobre a necessidade de as mulheres se fortalecerem e se elegerem. “Nós queremos que as mulheres sejam 70%, e nós, homens, sejamos a cota. As mulheres devem participar da Política para conseguirem melhorias para a vida das pessoas. Teremos, no ano que vem, eleição para vereadores e queremos ver mais mulheres nesse cargo. São os vereadores que conseguem mudar a vida das pessoas nos bairros, por isso, estão bem próximos à população”, ressaltou.