Deputado Alexandre Pereira envia R$ 120 mil ao Caism para combate ao Covid-19

O Hospital da Mulher Prof. Dr. J. A. Pinotti-Caism/Unicamp, localizado em Campinas, recebeu R$ 120 mil, proveniente de indicação do deputado estadual Alexandre Pereira, destinado ao custeio de insumos para Covid-19. O parlamentar também indicou R$ 200 mil para a compra de equipamento, que aguarda liberação do governo estadual, totalizando R$ 320 mil em recursos estaduais para a instituição.

Com a pandemia de Covid-19, o deputado priorizou a área da saúde para destinação de recursos com o intuito de atender demandas pontuais de hospitais e instituições. “Sabemos das dificuldades enfrentadas no setor da saúde, agravadas pela pandemia de Covid-19, e entendemos que é nosso dever contribuir com instituições como o Caism, que realiza um trabalho importante na área da saúde da mulher, oferecendo atendimento de qualidade para as pacientes que precisam de tratamento oncológico”, pontua Alexandre.

Responsável por Relações Institucionais do Caism, Fabiana Casellato, destaca a importância do apoio do deputado para a continuidade dos atendimentos. “Com a pandemia, os custos aumentaram muito, pois houve uma supervalorização dos insumos. Além disso, montamos uma ala exclusiva para pacientes com Covid-19. Agradecemos muito o apoio do deputado Alexandre Pereira, que tem um olhar voltado à saúde, sem esta ajuda não conseguiríamos manter os atendimentos”, afirma Fabiana.

Em visita do deputado ao Caism em outubro do ano passado, a diretoria apontou a necessidade de uma lavadora termodesinfectora, que faz a desinfecção de instrumentos cirúrgicos. Diante da demanda, Alexandre fez a indicação de R$ 200 mil para a compra do equipamento, que aguarda liberação do governo estadual.

Atualmente, o hospital envia os instrumentos para desinfecção em São José do Rio Preto a um custo de R$ 30 mil por mês. “Com a aquisição da lavadora termodesinfectora, faremos a desinfecção no local, proporcionando maior efetividade no processo e no atendimento, além de uma economia de mais de R$ 300 mil ao ano”, informa Fabiana. Referência em média e alta complexidade na assistência à saúde da mulher e do recém-nascido para 62 municípios e cerca de 6 milhões de pessoas, o Caism realiza cerca de 100 mil atendimentos ao ano, exclusivamente através do Sistema Único de Saúde (SUS).